quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Paulo Coelho e a Irmã Dulce




Fonte: O Globo. Data: 31/10/2010.
Autor: Ancelmo Góis.

Esta semana, o Vaticano reconheceu um milagre atribuído à Irmã Dulce e prepara a beatificação da freira brasileira. Dos três milagres que faltam para virar santa, o escritor Paulo Coelho pode, de certa forma, quem sabe?, contribuir com um. Foi assim, conforme explica Ancelmo Gois. Eles se conheceram em 1967. Paulo fugiu, pela terceira vez, do hospício no Rio para se esconder em Aracaju e, depois, em Salvador. Quando acabou o dinheiro, dado pela namorada Renata Sorrah, o mago entrou na fila de mendigos da freira, que fez um bilhete, ainda guardado por ele. O bilhete lhe permitiu ganhar uma passagem de volta ao Rio. Para concluir... Paulo Coelho, na volta ao Rio, nunca mais foi internado. “Um pequeno milagre”, diz Fernando Morais, biógrafo do escritor.

2 Comentários:

Eugenio Hansen, OFS on 05 novembro, 2010 disse...

Paz e bem!

Duas correções:

1 Falta mais um milagre para a canonização.

2 Só valem milagre post mortem.
Justificativa:
2.1 Antes de morrer
sempre é possível trair a fé.
2.2 Os milagres são considerados
como sinal de Deus em relação ao candidato.

Murilo Cunha on 05 novembro, 2010 disse...

Obrigado Eugenio! Nada como ter um especialista em Teologia entre os leitores do nosso blogue.
Paz e bem para todos os nossos leitores.
Murilo Cunha

Arquivo

Categorias