quarta-feira, 8 de março de 2006

Petição on-line à assinatura da revista Páginas a&b [Rectificação importante]




A "Petição on-line à assinatura da revista Páginas a&b" foi lançada no dia 6 de Fevereiro, contudo, o texto continha uma gralha que pode ter colocado a iniciativa em causa, pois o endereço de e-mail estava incorrecto. Assim sendo, solicito a todas as pessoas que tentaram ser assinantes da revista e não conseguiram, que enviem um e-mail comunicando o seu interesse em ser assinante, mencionando o seu nome e a morada para recepção da revista para: gabinete_ab@hotmail.com e um cheque no valor de 21 euros para:
--
GABINETE DE ESTUDOS A&B
Rua Almirante Barroso, nº 54 - 5º
1000-013 LISBOA


AJUDE-NOS A MANTER AS PÁGINAS A&B.

Para além de leitor, TORNE-SE ASSINANTE.


Peço desculpa a todos aqueles que tentaram colaborar e não conseguiram. Solicito então, que o façam agora, pois a revista "Páginas a&b" é o único periódico independente, da área da Ciência da Informação, que se publica em Portugal, razão por que achamos que não deve morrer. O desenvolvimento científico da nossa área passa pela colaboração de todos os profissionais da informação. O desenvolvimento de competências profissionais cimenta-se com o acesso e uso destas preciosas fontes de informação. É vital que elas não desapareçam, quando temos a possibilidade de fazer algo por elas. Colabore nesta iniciativa.
--
Aceda à petição em: Páginas a&b

5 Comentários:

Miguel Rui Infante on 09 março, 2006 disse...

Concordo que a revista A&B é importante e não deve morrer, mas daí a ser a única revista independente..... desculpem mas os CADERNOS BAD também são independentes e apostam na qualidade.

Nuno de Matos disse...

Independente na vertente financeira. Os Cadernos BAD têm a associação BAD a financiá-los, ou não?

Miguel Rui Infante on 16 março, 2006 disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Miguel Rui Infante on 16 março, 2006 disse...

É verdade que osCadernos BAD são propriedade da BAD e os custos de publicação são suportadospela Associação. Acontece que isso nada tem a ver com a independência da publicação.
Os Cadernos são um espaço dos profissionais e não traduzem o pensar e sentir da Direcção.
Depois de escolhidos os temas centrais dos Cadernos os profissionais são livres de escrever e emitir opiniões, sempre sob a sua responsabilidade.

Nuno de Matos disse...

“a revista "Páginas a&b" é o único periódico independente, da área da Ciência da Informação que se publica em Portugal…”

Independente, tornamos a frisar, na vertente financeira pois é nos fundos obtidos pelas vendas e pelas assinaturas que vai buscar a sua sobrevivência. Não esta, nem nunca esteve, em causa a independência editorial de qualquer uma das publicações. O que achamos e nos propusemos a fazer, é colaborar na salvação de uma das únicas publicações da nossa área que vive única e exclusivamente das assinaturas mais nada.

Arquivo

Categorias