sexta-feira, 6 de junho de 2008

Vendas de livros atingem 17% do comércio eletrônico




Vendas de livros representam 17% do e-commerce
Fonte: Jornal do Brasil. Data: 05/06/2008

Rio - O comércio eletrônico no ano passado teve 17% de sua participação das vendas de livros, de acordo com dados da consultoria e-Bit. Seguindo essa tendência, o grupo editorial Ediouro, que tem 10 selos, acompanha a migração dos leitores e cria atrações para os internautas apaixonados por literatura. O diálogo com blogueiros e comunidades em sites de relacionamento fazem parte do projeto.

O produto está no alto das listas de mais vendidos pela Internet no Brasil.

- O segmento de livros é muito suscetível ao boca a boca, já que as pessoas decidem a compra após uma boa indicação. Se estão todos online, o poder de viralização e a influência de um leitor sobre o outro são potencializados - afirma Daniel Deivisson, diretor da agência especializada em marketing digital.

O comércio eletrônico está crescendo na esteira da ampliação de internautas. Em 2007, o aumento chegou a 43% e o número de consumidores que experimentaram a compra online chegou a 9,5 milhões. Em 2006, eram 7 milhões. Para 2008, a previsão é de 12 milhões de compradores e alta de 45%. Os números são da Consultoria E-Bit que também prevê, já para o primeiro semestre de 2008, que o número de consumidores online chegue a 10,5 milhões.

O perfil de consumidores online também está mudando. As classes C e D aproveitam o aumento da renda real e a isenção de impostos do Governo para reforçar os números de internautas. O preço da banda larga em queda também contribui para a transformação. A confiança nos mecanismos de segurança do comércio virtual e as facilidades de crédito são apontadas como fatores decisivos nesta alta.

- Os leitores se tornaram formadores reais de opinião e influenciam uns aos outros continuamente em redes de relacionamento e blogs. Isso pode se tornar uma grande ameaça ou uma oportunidade para empresas com suas marcas e produtos - defende Deivisson.

Os dados também apontam que 25 a 40% dos consumidores pesquisam na Internet antes de comprar em lojas reais ou virtuais. Eles buscam informações mais aprofundadas sobre produtos, lojas e fazem comparações de preços. Para atender a esse público, as páginas criadas pela Frog terão informações extras sobre os autores, sinopses dos livros e ainda capítulos gratuitos para baixar.

Arquivo

Categorias